segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Saudade | Poema de Pablo Neruda


Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...
Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...
Saudade é sentir que existe o que não existe mais... 
Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...
Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.
E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.
                                                            (Pablo Neruda)

25 comentários:

  1. Poema lindo, e que imagem profunda hein? me deu até um aperto no peito.

    ResponderExcluir
  2. Ahh! Pablo Neruda é demais, amo muito.

    ResponderExcluir
  3. "saudade é um sentimento que quando não cabe no coração escorre pelos olhos"

    ResponderExcluir
  4. LINDO, Lindo, lindo!

    ResponderExcluir
  5. Tudo perfeito. É por isso que amo esse blog s2

    ResponderExcluir
  6. "Saudade dói, mas é a única forma de sabermos quem realmente amamos."

    ResponderExcluir
  7. Lembrei de Clarice Lispector "Saudade eu tenho sempre."

    ResponderExcluir
  8. Queria poder não sentir saudade... dói demais...

    ResponderExcluir
  9. nossaaa mtoo lindoo msm oo texto.. amei mtoo *-*

    ResponderExcluir
  10. Adorei teu blog, ja estou seguindo,
    visita o meu e se gostar, siga!
    Beijo.

    http://livreelouca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. "Saudade é aquela dor no peito que reflete o desejo de contigo sempre estar."

    ResponderExcluir
  12. nossa muito lindo esse poema,he saudades,saudades

    ResponderExcluir
  13. Muuito linda *-* Perfeita !

    ResponderExcluir
  14. O único que não gostou foi...... Pablo Neruda. Afinal de contas ele não escreveu o texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim Neruda não escreveu o texto?????

      Excluir
    2. Este poema não é de Neruda. É uma fala do poeta Afonso Henriques, na antigo na novela Fera Ferida, escrita por Aguinaldo Silva.

      Excluir
  15. é um bom poema, mas não é do Neruda. É de um rapazito chamado Aguinaldo Silva, que escreve telenovelas e adaptaram o texto. É a fala do personagem Poeta Afonso Henriques, na novela Fera Ferida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fera ferida de 1993 até 1994 e pablo neruda faleceu em 1973

      Excluir
  16. Desconhecer algo não é demérito para ninguém. Mas quando outros apontam o correto (no presente caso, sobre a autoria da poesia) o autor da postagem deveria retificar, já que agora não é mais desconhecimento e sim erro mesmo.

    ResponderExcluir
  17. "Já não se encantarão os meus olhos nos teus olhos,
    já não se adoçará junto a ti a minha dor.

    Mas para onde vá levarei o teu olhar
    e para onde caminhes levarás a minha dor.

    Fui teu, foste minha. O que mais? Juntos fizemos
    uma curva na rota por onde o amor passou.

    Fui teu, foste minha. Tu serás daquele que te ame,
    daquele que corte na tua chácara o que semeei eu.

    Vou-me embora. Estou triste: mas sempre Estou triste

    Este é o poema Saudade de Pablo Neruda

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...